Prestadores de serviço: a importância da contabilidade

Conheça a importância dos serviços de contabilidade para prestadores de serviços brasileiros

A figura do contador foi por muito tempo colocada de lado pelas empresas de prestação de serviço, contudo, o Código Civil nacional fez com que a contabilidade para prestadores de serviço fosse algo imprescindível, isso porque uma vez por ano toda empresa presa apresentar o seu balanço.

Contudo, o balanço periódico é a função mínima que uma empresa de contabilidade pode apresentar em uma empresa de prestação de serviços, muitas outras ações estratégicas podem ser apresentadas pelo escritório contábil para o crescimento da sua empresa.

Vamos a alguns pontos iniciais que demonstram a importância da contabilidade para prestadores de serviço:

Burocracia: com o suporte de uma contabilidade, esse processo é simplificado e reduzido;

Custo-benefício: com o acompanhamento, o planejamento contábil garantirá que o dinheiro do empreendedor não será desperdiçado;

Operacional: é um trabalho que não se limita a abertura da empresa, mas se estende em todo o processo de vida contábil que ela pertence.

E os prestadores de serviço nessa história, contabilidade?

Primeiramente, cabe frisar que boa parte dos prestadores de serviço são pessoas físicas, e não jurídicas, ou seja, pessoas ao invés de empresas. Por não terem o famigerado CNPJ aberto, essas pessoas atuam de forma informal, mas vale ressaltar que essa prática é prejudicial ao prestador de serviço, justamente pela falta da empresa de contabilidade dando suporte técnico.

O tal barato sai caro para o prestador de serviço informal que negligencia o serviço de contabilidade para ter economia financeira, mas se esquece que na relação custo-benefício a contabilidade é muito importante estrategicamente. Ou seja, dinheiro indo pelo ralo na ilusão econômica de centavos, de forma aparente.

A primeira boa representação da importância da assessoria contábil para prestadores de serviço estão nos regimes tributários.

Regimes tributários

Simples nacional, Lucro Real e Lucro Presumido, são essas modalidades que a empresa pode se enquadrar, a partir do momento em que abre o seu CNPJ. Mas engana-se que é só escolher uma das modalidades tributárias, como se escolhe a bolacha na prateleira do supermercado. Cada modalidade depende do porte da empresa de prestação de serviço e a contabilidade possui conhecimento estratégico o suficiente para adaptar o regime tributário dentro da realidade financeira e de arrecadação da empresa, a sua postura atual e os seus projetos posteriores.

A variação do regime tributário tem muito a ver com a segmentação e a atuação da empresa no mercado, recolhimento de impostos e tudo mais. Ter uma empresa específica de contabilidade para dar esse suporte diminui em 200% a dor de cabeça do empresário com questões burocráticas legais.

A importância da contabilidade para os prestadores de serviço

Impostos. Essa palavra define a importância da contabilidade para os prestadores de serviço. PIS, COFINS, ISS, ICMS, IRPJ, CSLL, contribuições previdenciárias, enfim, são tantos encargos de impostos para o prestador de serviço no Brasil que se não tivermos uma contabilidade dando suporte, nos perderemos, já que esses impostos variam com a finalidade da empresa, bem como a quantia (por exemplo, o ISS varia de 2 a 5% dependendo da área), a região etc.

O que não varia é algo: tem impostos. E se dividir entre a prática do seu negócio e tais burocracias é uma loucura sem precedentes. Por isso que a contabilidade é importante, pois em uma condição jurídica, deixa a empresa mais tranquila e focada em desempenhar suas funções de ofício.

Além disso, é por meio de dados estratégicos levantados pela contabilidade que os prestadores de serviço podem tomar determinadas ações técnicas da empresa, por exemplo.

Enfim, a importância da contabilidade para os prestadores de serviço são inúmeras e muito importantes para que você e/ou a a sua empresa parta para o sucesso.